Componentes Químicos,

5 Cuidados pra Mudar A Progressiva

19:27:00 Lucy Viana 1 Comments

Olá meninas! O negócio não é abaixo a ditadura do liso, é abaixo a ditadura literalmente, como forma de imposição de uma forma ou tipo de cabelo! Assim, viva as cacheadas e viva também as alisadas!

Foto: Reprodução




Todo mundo feliz é o que conta!

Agora o problema que algumas meninas enfrentam quanto à alisamentos é sobre a mudança do produto, ou do tipo da química e acredite, mesmo com toda a informação do mundo você ainda vai ter receio de trocar, veja pela matéria de ontem que a Diana afirma estar com a mesma progressiva por conta mesmo desse medo de mudar.

Então separamos alguns cuidados que vocês devem ter não só pela troca da química, ou troca do produto ou mesmo a troca de profissional, pense que é válido para qualquer uma dessas situações!

1- Trocar o Profissional

Um dos maiores problemas com progressiva ocorre na aplicação, é essa a maior parcela de reclamações com reações alérgicas no couro cabeludo. E muita gente não volta ao salão pra saber o que deu errado, mas começa a procurar um novo salão pra fazer outra química.

  • O importante é sempre (voltar ao salão) conversar com o profissional sobre reações alérgicas e sobre o produto utilizado.
  • Você tem o direito de mudar de salão, mas procure referências sobre estes procedimentos. 

Uma vez que você tenha novamente segurança com o profissional vai voltar a fazer a química.

2- Trocar o Produto

Nem sempre sabemos qual o produto que foi utilizado pra fazer a química, tem profissional que não fala nem os produtos de tratamento ou as colorações utilizadas, então realmente fica difícil, e esse medo é ainda mais real porque muitos profissionais não falam claramente a química progressiva que estão fazendo!!

Então comece por aí, não adianta trocar produto se não sabe nem qual foi utilizado!! 

Se quer trocar, precisa saber qual produto o profissional utilizou e qual a química, se ele não puder te falar isso e vir com papo de que vai tratar o cabelo e que a química é de queratina, procure outro salão!

Que fique claro, progressivas são química, as mais utilizadas são de ácido glioxílico ou carbocistéina e sim tem ativos como queratina e aminoácidos pra aliar a mudança de estrutura, e não tem problema nenhum falar isso!! Pelo contrário, isso mostra que o profissional está agindo com transparência desde o começo!

3- Os Testes Obrigatórios

Não tem problema mudar a química ou o produto desde que o profissional seja totalmente responsável com essa mudança fazendo:

  • Teste de compatibilidade química;
  • Teste de resistência e força do cabelo; 

Além de orientar sobre as diferenças entre as químicas. Isso é importante e doa credibilidade e confiabilidade além de segurança para o cliente!

Fora que teste de mecha é obrigação!

4- O Futuro

Não adianta querer trocar a química sem pensar no futuro.

Dizem que a química sai em “tanto” tempo, mas tem cabelos que ficam meses “emborrachando” no teste de mecha, então tudo isso é muito relativo. O que significa que querer ficar loira ou estar sempre mudando o cabelo pode não ser favorável à outras mudanças de química.

O fato é que muitos procedimentos químicos vão “debilitando” o cabelo, ele se torna fraco e sem movimento, fora os danos externos, então… tem que ter cuidado com muita química ao mesmo tempo.

5- Dica Amiga

Essa história de ir na dica amiga e comprar progressiva com qualquer pessoa pra fazer em casa pode ser ruim pra quem não tem informação e não sabe nada sobre químicas.

Porque a pessoa pensa que esta descartando os problemas acima, mas pode acontecer tudo com ela, a reação, o emborrachamento, o corte químico com outra química um tempo depois, enfim… você fica por sua conta e risco. 
A melhor escolha é buscar informações sobre a química que for fazer, os cuidados, os tratamentos e a compatibilidade sobre a química que já tem no cabelo.

Beijos

You Might Also Like

1 comentário: